play_arrow

keyboard_arrow_right

skip_previous play_arrow skip_next SPOTIFY
00:00 00:00
playlist_play chevron_left
volume_up
chevron_left
play_arrow

Estilo de Vida e Saúde

Me Lambe #03 – Masculinidade

Lais Conter 10 de abril de 2020 225


Background
share close

Não demonstrar afeto, não poder dizer que ama um amigo, não abraçar quem se gosta, esconder o que sente, não poder chorar. Para muitos homens essas são regras. Não foram escritas em lugar nenhum e nem necessariamente ditas em voz alta, mas acabam se tornando imposições da masculinidade como conhecessemos, do homem alfa, macho.

Quem não segue essas regras é visto como “menos homem”, é associado à feminilidade, é chamado de “gay” ou considerado afeminado, como se isso fosse uma ofensa. Recentemente, a sociedade passou a discutir questões de gênero e do feminismo, trazendo à tona as disparidades entre homens e mulheres e empoderando muitas meninas. No entanto, os meninos ficaram de fora desse debate. O episódio contou com a presença do Thiago Oliveira do Homem Sem Tabu e do Marcos do grupo Desencaixados (um grupo de homens abertos para discutir a masculinidade e como ela afeta suas vidas) aqui de Porto Alegre. Foi um bate papo bem informal e trazendo várias questões de como o machismo e a masculinidade tóxica podem afetar a vida dos homens. Espero que gostem!

Sigam nas redes sociais:

Me Lambe | @me_lambelambe

Laís Conter | @laisconter

Thiago Oliveira | @segueothiago

Homem Sem Tabu | @hsemtabu

América: @americapodcast

A primeira temporada do Me Lambe é uma coprodução de Laís Conter com America Podcast.

America Podcast é uma plataforma e produtora de podcast como séries autorais e também para marcas.

Acesse nossos outros conteúdos em www.americapodcast.com.br.

Esse episódio teve técnica de Henrique Wilasco, produção de Rômulo Konzen, curadoria de Cláudia Aragón, sound design de Thiago Grün, edição e direção de Carina Donida.

Ouvir no Spotify: Me Lambe #03 – Masculinidade

play_arrow Spotify

Rate it
Episódio anterior
Relacionados
Post comments (0)

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *